BGS 2019 | Testamos Luigi’s Mansion 3!

E aí, Joystickers!

A BGS do ano passado foi marcada por uma demonstração da Nintendo de que ainda estava de olho no mercado brasileiro – a dona do Switch patrocinou um concurso de cosplays em um charmoso palco vermelho. Este ano, porém, a gigante japonesa voltou com tudo: um imponente estande vermelho chamava a atenção no pavilhão principal. Nele, diversos consoles estavam organizados em setores, nos quais diferentes títulos podiam ser testados. Entre eles, uma novidade aclamada pelos fãs da Big N: Luigi’s Mansion 3. O terceiro game da franquia era um dos destaques do estande, e tivemos a oportunidade de testá-lo.

Todo o fundo do estande estava repleto de consoles rodando Luigi’s Mansion 3. Imagem: Renan Dores

Mais de uma dezena de máquinas estavam disponíveis para teste, e cada uma era acompanhada por um funcionário para fornecer apoio aos jogadores. A demo consistia de uma fase em um trecho semelhante a um castelo, em que alguns fantasmas e puzzles guiavam o jogador até o boss, um rei fantasma. Com puzzles simples, porém bem trabalhados e divertidos, o game prende sua atenção do começo ao fim, especialmente devido ao seu visual caprichado, e a construção dos feedbacks e do game feel do jogo (aspecto que abordaremos em um artigo futuro).

O Gooigi é uma das ferramentas disponíveis para resolução de puzzles. Imagem: Renan Dores

Outro ponto de destaque são os inimigos: é necessário estratégia para abordá-los, uma vez que eles por si só também se enquadram como puzzles. Em alguns, é necessário arrancar o escudo que carregam usando um desentupidor, enquanto outros ainda requerem um timing preciso. O protagonista possui um arsenal de equipamentos para caçar fantasmas e progredir pelas fases: uma lanterna que emite flashes para enfraquecer os fantasmas, luz negra para revelar segredos pelo cenário, desentupidores que permitem que Luigi movimente determinados objetos, o Gooigi para alcançar áreas inacessíveis e, é claro, o strobulb, o aspirador de fantasmas à la Caça-Fantasmas, usado para capturar as assombrações.

Os inimigos exigem que você os aborde com estratégia. Imagem: Nintendo

Luigi’s Mansion 3 é uma compra obrigatória caso você possua um Switch. Sua jogabilidade bem ajustada, com bons feedbacks, puzzles simples mas inteligentes e cenários caprichados geram um nível de imersão e diversão sem igual. A presença de personagens ilustres torna tudo ainda mais cativante.

Luigi’s Mansion 3 será lançado em 31 de Outubro de 2019, dia das bruxas, para Nintendo Switch.

Compartilhe!

Post Author: Renan da Silva Dores

Renan é um desenvolvedor de jogos recém-formado pela PUC-SP, e joga desde que se entende por gente. Tem mais afinidade pelos exclusivos da Sony, mas se tivesse dinheiro o suficiente, teria todas as plataformas sem pensar. Ama ler, ouvir música, e é um aficionado por tecnologia, sendo secretamente um replicante (Cyberpunk na veia). Atualmente, dá aulas de inglês enquanto caça uma oportunidade no ramo de jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *