Estivemos na estréia do documentário “1983: O ano dos videogames no Brasil”

Fala Joystickers!

No último dia 16 de Setembro fomos conferir a estréia do documentário “1983, o ano dos videogames no Brasil”, projeto realizado por Marcus Garrett e Artur Palma, da ZeroQuatroMídia. Em um belo Sábado, no MIS (museu da imagem e do som), a galera retro gamer se juntou para prestigiar um trabalho que levou dois anos e meio para ficar pronto.Marcus Garret, pesquisador e organizador do documentário

Ao chegarmos ao local, havia alguns consoles clássicos para a galera degustar, desde um modelo de telejogo até o famoso Phantom System, passando pelo Atari e pelo Odissey. Foi muito interessante ver o pessoal mais novo olhando e jogando os consoles com um misto de curiosidade e estranhamento.

No horário combinado entramos no auditório onde o documentário seria projetado. Antes do início da sessão, o próprio Marcus foi ao palco e falou um pouco sobre o que estávamos por ver. Foi muito interessante ouvir um pouco do autor sobre o trabalho, a dificuldade na edição, já que, de acordo com ele, havia mais de quinze horas de material gravado, que após uma primeira edição passou para seis e após a última edição ficou em torno de duas horas.

Se você tem um pouco mais de trinta anos (como eu), o documentário é uma viagem de volta à infância. Muito bem organizado, a obra nos coloca em contexto com a situação do país naquela época: Ditadura militar, leis de proteção de mercado, que impediam a importação legal de tecnologia, inflação sem controle,as filas e as corridas ao supermercado para fazer as compras antes de os preços serem remarcados. Dentro desse quadro, alguns videogames surgiam, com parentes viajando para fora e trazendo na mala, ou importações ilegais, mas de alguma forma, penetrando em nosso país e encantando principalmente as crianças. Aí entra em cena a inventividade do brasileiro, que dá um jeito pra tudo nessa vida!

Protegidos pela lei brasileira de reserva de mercado, pessoas criavam empresas que simplesmente traziam consoles de fora e copiavam descaradamente, por meio de engenharia reversa, lançando videogames e jogos no mercado nacional e assim iniciando e implantando o videogame e toda a sua glória nas mentes e corações dos brasileiros e brasileiras.

O documentário conta tudo em detalhes, com muitos “causos” interessantes e engraçados, onde profissionais da época e pessoas que viveram a época compartilham suas memórias.Se você curte games antigos, ou é curioso sobre como tudo começou para nós, assistir á “1983, o ano dos videogames no Brasil” é obrigatório! E melhor, logo logo ele estará disponível no You Tube .

Compartilhe!

Post Author: Julian Camargo

O Julian é um gamer das antigas. Apaixonado por videogames e por jogar. É um grande fã dos jogos e consoles PlayStation. Suas franquias favoritas são Uncharted e Ratchet and Clank. Também gosta de ler, ouvir musica, gatos e tecnologia. É professor coordenador pedagógico em uma escola de idiomas e leciona inglês e espanhol em outra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *