Recordar é viver….com Everdrive MD!

137711-MLB20615191612_032016-O Lembro-me como se fosse hoje: Sempre que lia nas revistas sobre novos lançamentos para meu Mega Drive, corria até a locadora que ficava no centro da cidade para ver se conseguia o tal jogo antes dos outros moleques. Chegava a ir de duas a três vezes no mesmo dia só para ver se o bendito jogo chegava. Muitas vezes o tal nunca chegava e eu ficava só na vontade. Como todos que jogaram videogame nos anos 90 sabem, ir até a locadora quase todos os dias era a rotina, a única coisa que não podia faltar.

Deixei de jogar vários ótimos jogos do Mega Drive que não chegaram até a locadora da minha cidade, e depois de algum tempo acabei trocando de console, mas sempre pensava que bom seria se pudesse ter jogado o Outrun ou o Thunder Force 4, que só vi nas revistas.

Recentemente eu adquiri outro Mega Drive com alguns cartuchos e voltei àquela época tão doce para mim, que me fez pensar novamente em todos aqueles jogos, os quais tinha jogado e aqueles que o tio da locadora nunca comprou. Joguei vários deles em emuladores, mas não foi a mesma coisa.

Foi então que, procurando por alguns jogos em um site de leilões deparei-me com algo extraordinário: Um tal de Everdrive. Depois de um momento de incredulidade, fiquei muito excitado. Imaginem, poder jogar todos aqueles games que fizeram parte de minha vida e mais aqueles que não tive a oportunidade de experimentar? Passei alguns dias pesquisando sobre esse pequeno milagre retrogamer chamado Everdrive, descobri o que ele fazia e o que não fazia. Descobri também que poderia jogar os games de Master System, que o cartucho tinha até um botão de pause! Depois dos dias de pesquisa, tomei a decisão: preciso comprar essa belezinha. O alto preço a pagar não era nada perto da promessa de recordar e reviver a melhor época da minha vida, sendo assim, entrei em contato com o vendedor e fiz o pagamento. Agora era só esperar.

Os dias de espera foram angustiantes. Todos os dias entrava no site dos correios para verificar como estava o rastreio e nunca tinha nada…sempre estava como “postado” e eu ficava cada dia mais ansioso.Um dia, ao chegar do trabalho, vejo um envelope em cima da minha mesa: Era o Everdrive, enfim!

AEDMD1-360x300pós desembalar e olhar a belezinha por todos os ângulos, a primeira coisa a fazer foi providenciar uma caixinha para ele, já que o modelo que havia comprado consistia apenas da plaquinha e mais nada! Mais que depressa, peguei um cartucho velho que tinha aqui em casa e fiz os recortes com um alicate mesmo, tamanha era minha pressa de começar a usá-lo. Caixinha feita e montada coloquei os jogos em um cartão SD, encaixei no Everdrive e pluguei no console: Amigos, que emoção! O primeiro jogo que testei foi Outrun, depois de um menu de carregamento que parecia não terminar nunca, tamanha era minha ânsia em jogar. Posso dizer que o momento em que o game iniciou foi mágico! Jogar o game que passei minha infância toda frustrado por não ter conseguido um cartucho foi muito bom. Melhor ainda foi perceber que o Everdrive não faz emulação dos jogos, é como se estivesse jogando o Outrun original, do jeito que ele tem que ser.

Passada essa primeira emoção, comecei a puxar pela memória todos aqueles jogos que sempre acompanhavam minhas tardes após a escola e que38810-OutRun_(USA,_Europe)-1 agora poderia jogar novamente e ficar por quanto tempo quisesse.

Minha viagem no tempo começou com o jogo das tartarugas ninjas, o “The Hyperstone Heist”, grande sucesso da Konami, que eu alugava quase que semanalmente e não me lembro quantas horas passei jogando “de dois” com meu vizinho. Depois passei pelo clássicos absolutos da Sega: Shadow Dancer, Altered Beast, Golden Axe, Streets of Rage e mais alguns outros. Joguei também o Thunder Force 4, da Technosoft, que só havia jogado em emuladores. Descobri também jogos “novos”, que passaram totalmente despercebidos na minha época: Phelios, adaptação do arcade da Namco, foi o que me chamou mais a atenção por ser um shooter vertical com umTeenage_Mutant_Ninja_Turtles_-_The_Hyperstone_Heist_Coverarta história baseada na mitologia grega. Sempre que tenho um tempinho livre pego ele para jogar.

Enfim, o Everdrive Md foi, de longe, minha melhor aquisição dos últimos tempos e apesar do preço salgado, a felicidade e horas de diversão que ele me trouxe e ainda vai trazer fizeram valer a pena cada centavo investido. Item obrigatório para todo retrogamer que quer reviver a glória dos jogos de Mega Drive e Master System e também para aqueles que querem manter suas coleções intactas, utilizando-o como backup. Agora com licença, vou ali
jogar uma partida de Outrun.

Compartilhe!

Post Author: Julian Camargo

O Julian é um gamer das antigas. Apaixonado por videogames e por jogar. É um grande fã dos jogos e consoles PlayStation. Suas franquias favoritas são Uncharted e Ratchet and Clank. Também gosta de ler, ouvir musica, gatos e tecnologia. É professor coordenador pedagógico em uma escola de idiomas e leciona inglês e espanhol em outra.

1 thought on “Recordar é viver….com Everdrive MD!

    Herbert Viana

    (20 de julho de 2016 - 14:58)

    Texto excelente Julian, parabéns cara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *